Av. T9 nº 3362 Jardim América, Goiânia-GO - telefone: (62) 3286-1300
(62) 9999-1369 (Vivo) . (62) 9166-2704 (Claro) . (62)8425-8759 (Oi) . (62) 8177-9515 (Tim)

Serviços

Alinhamento
Balanceamento
Cambagem
Desempeno de eixo
Caster
Troca de filtros
Troca de óleo
Escapamento
Limpeza de bico
Mecânica em geral

Alinhamento

O alinhamento das rodas em um veículo é a correção geométrica executada no conjunto de elementos que formam a suspensão, a qual permite ao veículo manter sua trajetória.

Se você escutar seu carro cantar pneus em velocidade baixa e perceber certa imprecisão no volante, cuidado: seu carro pode estar desalinhado. Por baixo de uma aparente normalidade, pode haver deficiências no contato dos pneus com o piso, com diversas consequências. A alteração pode ter origens diversas. As rodas podem ter batido contra algum buraco ou obstáculo ou, simplesmente, ocorrer devido ao desgaste natural dos componentes da suspensão. Os especialistas recomendam conferir o alinhamento da direção a cada 10 000 km ou na ocorrência de algum incidente que possa causar avarias no veículo, mesmo que, visualmente, esse evento não tenha tido maiores consequências. Muita gente negligencia esse tipo de cuidado porque, como toda manutenção preventiva, o serviço de alinhamento só se revela útil quando deixa de ser feito e surgem os problemas.

Balanceamento

Devem ser feitos nas trocas de pneus ou a cada 10.000 km, evitando o desgaste prematuro dos pneus e componentes da suspensão e da direção.

O balanceamento dinâmico faz com que a roda gire concentricamente a qualquer velocidade. Deve ser feito quando há maior peso em um dos lados do pneu, fazendo a roda cambalear. 

Já o balanceamento estático distribui uniformemente o peso do conjunto pneu, aro e cubo ao redor do seu eixo. Deve ser feito quando se sente que a roda "salta" em contato com o solo. 

Desempeno de Eixo

Como é possível um automóvel com apenas 10 000 km rodados já ter os pneus traseiros com desgaste irregular, se as rodas estão alinhadas e balanceadas? A resposta pode ser: eixo empenado.

Além de peder a estabilidade do veículo, o eixo empenado também reduz muito, não apenas a vida útil dos pneus, mas também de todas as peças relacionadas a suspensão. Fique atento.

Cambagem

Cambagem é a inclinação da roda de um veículo em relação ao plano vertical. Seu valor é denominado ângulo de cambagem e será positivo quando a parte superior da roda se inclinar para fora e negativo quando ela se inclinar para dentro. Este ajuste, de um modo geral, controla as características de rolamento das rodas. A cambagem estando fora dos valores originais do veículo, pode causar desgaste irregular dos pneus, perda da estabilidade e aumento do consumo. Quando os valores de câmber entre as rodas possuem mais do que um grau de diferença, o veículo pode apresentar tendência a deriva (puxando) para o lado positivo.

Caster

Ângulo de caster ou ângulo de avanço é a disposição angular do eixo vertical da suspensão de uma roda em um carro, moto ou outro veículo, medido na direção longitudinal. É o ângulo entre a linha pivô (uma linha imaginária que passa pelo centro do eixo superior e o eixo inferior da suspensão) e a vertical.

Trocas de filtros

Os filtros de ar, óleo e combustível são baratos, descartáveis e rápidos de trocar, porém, muitos proprietários acabam não respeitando critérios básicos de manutenção, aparecendo problemas devido a desatenção.

Saiba quando trocar cada filtro:

Filtro de óleo

Com o tempo, os filtros vão entupindo, diminuindo a pressão de óleo dentro do motor e comprometendo a lubrificação. Então é hora de fazer a substituição, sempre junto com a troca de óleo - não a cada duas trocas, como muitos dizem por aí.
Isso por dois motivos básicos:

- O óleo novo pode levar para dentro do motor as impurezas que estão no filtro velho;

-O filtro velho pode obstruir a passagem de componentes do óleo que não deveriam ser filtrados;

O óleo mal filtrado também provoca um desgaste prematuro das peças do motor, como pistões, cilindros, anéis, válvulas e mancais.

Filtro de ar

O filtro é projetado para rodar 5 000 km em condições severas ou 10 000 km em condições intermediárias. 7 500 km é o valor indicado é a média desses casos.

E não é só na hora da troca que o proprietário precisa estar atento com o filtro de ar e sim quando limpar. O dono do carro deve evitar a atrocidade de limpar a peça com um jato de ar, a pressão do ar abre a malha de filtragem, diminuindo a capacidade de absorção de impurezas.

O resultado é que o fluxo de ar para dentro do motor se torna muito maior que o ideal, e as impurezas da atmosfera acabam passando impunemente.

Outro ponto importante na hora de substituir o filtro é aspirar os resíduos que restaram no reservatório no momento da troca e não deixar o local aberto por muito tempo. Cuidado, muitos mecânicos passam só um paninho, que além de não remover as impurezas que ficaram ali, ainda pode soltar mais sujeira que acaba entrando no motor.

Filtro de combustível

A gasolina, o álcool ou o diesel que utilizamos são manipulados diversas vezes até chegarem a nossos carros absorvendo impurezas do ar e dos reservatórios nos quais foram armazenados no percurso. Daí a importância do filtro, que barra essas partículas e impede que comprometam os componentes de injeção, como a bomba de combustível e os bicos injetores, ainda mais delicados.

A troca é determinada pelo fabricante e varia de acordo com o veículo.

O tipo de filtro também varia de acordo com o tipo de combustível utilizado. Os filtros para gasolina são feitos de alumínio, enquanto os de automóveis a álcool, de plástico, porque o álcool reage com o alumínio e entope a passagem do combustível.

Por isso, além das trocas periódicas especificadas no manual do proprietário, recomenda-se substituir imediatamente o filtro em caso de utilização de combustível ou adulterado.

Troca de óleo

Simples à primeira vista, a troca do óleo é muito mais importante para a vida útil do motor do que muitos imaginam. Uma lubrificação deficiente pode causar desde danos mais simples - como redução de desempenho e aumento do consumo de combustível - até o temido diagnóstico de "motor fundido", que pode representar até metade do valor do automóvel na hora de conserto. Com o objetivo de derrubar mitos e esclarecer as principais dúvidas dos motoristas, ouvimos especialistas no assunto para descobrir as melhores dicas para fazer seu óleo (e motor) durar mais.

Se você comparar a manutenção corretiva com a preventiva, que é substituir o filtro de forma correta, a relação custo-benefício é muito maior. Não trocar o filtro pode comprometer peças que têm um custo elevado se comparadas à economia de economizar no filtro

Escapamento

O escapamento leva os gases resultantes da queima de ar e combustível para fora do veículo, assim como converte os gases tóxicos em substâncias inofensivas à saúde. Para que isso seja feito de forma correta é necessário verificar a presença de rachaduras, furos, amassados ou obstruções. Caso possua avarias, além da poluir o ambiente, haverá perda de potência e aumento no consumo de combustível.

Limpeza de bico

É um procedimento relativamente simples, que consiste na remoção de obstruções que comprometem o funcionamento da válvula injetora (também chamada de bico injetor), que é formada por um corpo cilíndrico, que armazena combustível pressurizado, e uma agulha móvel, responsável pelo controle da vazão do combustível. Cada movimento da agulha dura milésimos de segundo e libera uma pequena quantidade de combustível, formando um spray que se mistura ao ar no coletor de admissão. Se os bicos estiverem sujos, devem ser colocados numa máquina apropriada, que fará a limpeza por ultrassom injetando também um líquido à base de querosene.

Fabricantes de automóveis e sistemas de injeção garantem que os bicos são autolimpantes, sendo difícil ou quase impossível a formação de resíduos. O que significa que uma oficina nunca deveria sugerir a limpeza como manutenção preventiva, apesar de essa ser uma desculpa comum. De fato, só poderá ser feita em casos excepcionais, quando há acúmulo de partículas que alteram o spray de combustível. “Por mais aperfeiçoada que seja a tecnologia do bico, não podemos negligenciar que impurezas no combustível podem vir a comprometer seu funcionamento”, diz Eduardo Polati, engenheiro da Power- Burst, empresa de pesquisa na área de motores. Os principais sinais de entupimento são aumento no consumo, funcionamento irregular e desempenho fraco. Mas é fácil prevenir o problema. Basta usar combustível de qualidade (de preferência aditivado) e ficar atento ao filtro de combustível, seguindo os prazos de troca de manual. 

Mecânica em geral

Além dos serviços apresentados (alinhamento, balanceamento, cambagem, desempeno de eixo, caster, troca de filtros, troca de óleo, escapamento e limpeza de bico). A alternativa pneus também possui uma série de outros serviços de mecânica em geral, como troca de buchas, troca de lona, entre outros.